SEJAM BEM VINDOS

"Caros companheiros, esse espaço é dedicado a textos políticos, históricos e filosóficos como também para as ações do Nosso Mandato Popular.
Leia, discuta, critique e divulgue nossa luta."
Profº Glauber Robson

Acompanhe o Mandato do Prof. Glauber no YouTube

Loading...

terça-feira, 24 de maio de 2011

Mercados Públicos, São do Povo!


 


No final do  mês de abril em uma medida inconsequente e arbitrária a atual gestão do nosso município enviou a Câmara Municipal um projeto de lei que tinha como objetivo, Privatizar os Mercados Públicos de nossa cidade, os cinco de uma só vez, respectivamente: o do Artesanato, da Alimentação, da Confecção, dos Cereais e das Carnes. Era um duro golpe em mais de 200 permissionários e cerca de mil pessoas que tem suas atividades econômicas ligadas diretamente a existência daqueles locais de vendas. Foi mais uma prova inquestionável da truculência e do desrespeito do atual prefeito para com nossa população, vender um bem público já é por si só uma ação questionável e, quando esse bem infere na vida de milhares de pessoas, torna-se um absurdo. Pois não são apenas os permissionários e seus familiares, tem os clientes que compram mais barato, que tem suas relações comerciais e mais alguns, até relações de amizades que ultrapassam as relações mercantis.

Tal atitude, foi de pronto repudiada por mim, que junto com o companheiro Joseilton, que compõe conosco a oposição ao atual prefeito, mobilizamos os permissionários e a população de Pacajus em um movimento único, que foi capaz de tremer e inquietar toda a cidade, nos mais diversos lugares: da sede a zona rural de nosso amado Pacajus. O povo de nossa terra mostrou força, união e fez tremer as estruturas dominantes desse governo ditatorial, pois é a forma como agiu o mandatário local e os vereadores que o apoiam, foi antidemocrática, não buscou ouvir o povo, principalmente os permissionários dos mercados. Somente depois de uma reunião no dia 21 de abril com os permissionários no CRP, organizada pelos vereadores da oposição, eles se deram conta da burrada que estavam prestes a cometer e em um ato de desespero, chamaram uma reunião, para desfazer aquilo que uma semana antes DEFENDIAM, com unhas e dentes. Mas nossa gente não é besta, tinha a consciência de quem realmente estava do lado deles e superlotou o plenário da Câmara, em um dia histórico, onde o povo unido venceu os poderosos com sua força e união. Esse dia, foi o dia 26 de abril. Dia em que nossa gente mostrou sua força!

Para mim em especial, foi um dia de grande alegria, pois temos tido muitas derrotas na Câmara, derrotas do povo, pois temos levado para o debate naquela casa muitas reinvidicações, para as quais o prefeito tem feito ouvidos de mercador, ignorando-as. Então ver o povo lotar aqueles espaço e sair vitorioso foi para mim um alegria única, fico feliz por termos podido ajudar nossa gente, a vitória foi do povo, nós fomos apenas um instrumento de ajuda nessa luta.
E tenham certeza de que unidos: políticos sérios, comprometidos verdadeiramente com nossa gente e o Povo, o único dono do poder, podem mudar a história de nossa cidade para sempre, para abandonar de vez o passado de tristes notícias de corrupção e desrespeito com nossa gente.

Avante trabalhodores e trabalhadoras do meu Pacajus, a vitória é nossa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário